O Novo Plano Diretor de BH no Mercado Imobiliário

O Novo Plano Diretor de BH no Mercado Imobiliário
15 de julho de 2019 imeri

Em fase final de aprovação, o novo plano diretor de Belo Horizonte, proposto por meio do PL 1749/2015, traz alguns conceitos novos para o município, em especial a definição do coeficiente de aproveitamento básico e sua superação vinculada à outorga onerosa do direito de construir. Tal conceito busca direcionar o adensamento e atender às novas agendas urbanísticas, sociais e econômicas do município.

Ao mesmo tempo, o plano diretor de São Paulo, que completa 5 anos em 2019, apresenta bases semelhantes ao de Belo Horizonte e, portanto, a previsão dos impactos das mudanças na dinâmica do mercado imobiliário mineiro passa pelo entendimento das semelhanças e diferenças com o plano paulistano e o aprendizado com seus sucessos e falhas.

Nesse contexto, a Imeri participou do evento que ocorreu no dia 12 de julho de 2019, no Azevedo Sette Advogados, para debater os impactos e repercussões do Novo Plano Diretor sobre os negócios imobiliários.

Clique Aqui para visualizar a apresentação da Imeri com resumo dos principais pontos.